Há Luz em Ti

 

                                   

HÁ LUZ EM TI

            Aqui, no LUZEMTI, nosso Ritual/Trabalho com a Ayahuasca desenvolve-se com o objetivo de que todos os participantes sejam beneficiados com as CURAS e as BENÇÃOS (necessárias à Evolução Espiritual).

            O importante é que todos compreendam o “Momento de Oração”, em que se reveste o Ritual; momento de prece, de apelo e, especialmente, de agradecimento. A Ayahuasca é uma excelente ferramenta nesse encontro com a Fé. É o momento da Religiosidade, do encontro com a Divindade, do encontro com os Mestres, Guias e Aliados.

            O Ritual também proporciona a cada um o encontro com o seu Eu Superior, proporcionando dois momentos bem visíveis: o momento da Limpeza (cura, purificação) e o momento do Entendimento (benção, graça).

            Através da comunhão da Ayahuasca, todos os participantes do Ritual/Trabalho, são beneficiados, sempre, pelas CURAS e BENÇÃOS, independentemente do grau de evolução no Caminho Espiritual, assim, mesmo não tendo tido a vivência visual ou auditiva diretas de alguma Entidade Divina, o irmão/irmã que participa do Ritual, recebe os benefícios da LUZ e, consequentemente, seu processo de Busca é satisfeito.

            O fundamental é a Seriedade e o Respeito com que cada um recebe a Bebida Sagrada (Ayahuasca), com o sentimento puro, ciente de estar pisando em Solo Sagrado.

            As etapas necessárias ao bom desempenho no Ritual envolvem, também, a introspecção (voltar-se ao seu mundo interior), com o silêncio,  a meditação, o auxílio das músicas e a aceitação da Bebida Sagrada como chave para a Expansão da Consciência.

            Tudo que buscamos no Ritual é a Expansão da Consciência, ou seja, a elevação a uma plataforma espiritual – vibratória em que a comunicação com a Entidade Divina é facilitada – a vivência é um ato de Fé.

            Para a realização deste Processo de Comunicação, são importantes algumas técnicas que descrevemos a seguir.

Etapas do Ritual – Seis Horas de LUZ

Preparação em dias anteriores: mantenha a paz, faça orações, leia bons textos, filmes, músicas; evite álcool, drogas e alimentos pesados.

O Caminhar no Solo Sagrado: o LUZEMTI está localizado em Solo Sagrado na Montanha. Agradeça pois à pureza da mata, águas, ar, terra e fogo; observe a Beleza em Harmonia.

O Silêncio e a Oração antes do Ritual: caminhe e fique em silêncio para sentir o pulsar; faça orações.

A Conversa/Repasse dos Conhecimentos: não nos cabe resolver problemas pessoais de cada membro, por isso as palestras envolvem conhecimentos e orientações gerais – respeito e atenção.

O Agradecimento ao Mestre Jesus: para que as bênçãos da Luz Crística alcance a todos durante e pós Ritual.

A Comunhão da Ayahuasca: com a coragem de quem quer mudanças em sua vida, agradeça pelas Plantas e todos que cultivaram e auxiliam na possibilidade do Ritual.

A Meditação/Concentração: feche os olhos, coluna ereta, relaxe todo o corpo e ouça as músicas. Siga os seguintes passos.

 

 

 

 

Meditação

 

            Quando tiverdes o pensamento e Deus, sob vosso completo domínio, de modo que não possa mais fugir, então passareis ao segundo degrau, à concentração, isto é, procurais discernir Deus, assim o pensamento em vós cessa. Não mais pensais em Deus e sim discernis, sentis, contemplais Deus. Vem com a contemplação – discernimento e êxtase.

            Quando após o êxtase ocorre a identificação com Deus. Este é o mais alto degrau da concentração. É a própria meditação.

            Neste momento não pensais mais nem mais enxergais Deus, mas tornais o próprio Deus. Sois um com Ele e não há mais separação entre Deus e vós. Este é o mistério da unificação.

            Os santos e místicos alcançaram este alto degrau.

            Para Jesus Cristo ele se tornou uma constante realidade desde o momento em que ele pode afirmar – Eu e meu Pai somos um.

            No terceiro degrau da concentração, a própria meditação, não há mais separação. Deus e o homem fundiram-se mutuamente, ou melhor, a Consciência humana diluiu-se na Consciência Divina, integrou-se no seu verdadeiro ser.

            Na meditação vedes a Luz Divina que é irradiada por Deus e vós sois esta luz, que brilha em vós.

            Em vossos corações reside a Chama Tríplice da eterna Luz Divina, é o fogo sagrado que faz fluir em vós a Divina Presença. 

            Eu sou! Deus está em vós. Deves reconhecê-lo e achá-lo em vós.

Caminhos para a MEDITAÇÃO ( extraído do método dos discípulos da ponte-Ordem da Fraternidade.)

É um método regulado por várias seqüências.
É necessário a entrega e conhecer a sua lei.
São 3 degraus:

  1. Concentração ou firmeza do pensamento.

  2. Saber discernir o pensamento ou a contemplação.

  3. Unificação com o pensamento ou com a própria meditação.

 

Se quereis meditar sobre Deus então deveis:

a-Sentar-vos eretos,descontraídos e em silêncio imperturbável
b- Fixar os olhos fechados entre as sobrancelhas ( Conectando o poder da rosa da pineal)
c- Pensar firmemente, com toda a convicção em Deus.
d- Manter o pensamento de Deus em vossa mente, todo o tempo possível sem que ele vos escape.
Esta parte é a mais difícil pois exige a concentração.
Muitas outras idéias vão querer ocupar o lugar do que se quer centrar...

A Fogueira: para auxílio na purificação, para o aquecimento, o respeito à Mãe Terra, o elemento fogo da sobrevivência.

O Bailado: a força da celebração e da gratidão entre os Ancestrais, Membros, Compositores – é a meditação em movimento.

O Encerramento: o alimento recupera.

A Partilha das Vivências: no dia seguinte, após o silêncio, pode-se falar das vivências com os irmãos.

 

A prática deste Processo gera seu aperfeiçoamento, resultando em ótima evolução do aprendizado, no ancoramento dos ensinamentos, na sustentação da LUZ para que seja colocada nas atitudes do dia-a-dia (melhorando o Mundo). Os efeitos da boa prática permanecem em nós, com benefícios excepcionais em todas as circunstâncias de nossas vidas (tais como relações familiares, sociais, profissionais, etc.). De outro lado, permanecem em nós a Força da LUZ, colocando-nos resistentes às contaminações gerais da vida moderna (ausência de princípios, vazio interior, consumismo excessivo, etc.). Preencher esse vazio, eis o objetivo dos Rituais – só o espiritual completa.

            Agradecemos, sempre, a todos que buscam este caminho e “que a auto-realização seja o troféu maior das existências”. LUZEMTI.

Inhô Caly Varajão Junqueira

04/10/2010