A AYAHUASCA E OS ENTES HUMANOS

 

                                   

A Ayahuasca é um grande sino que com o seu ressoar consegue reunir a Grande Irmandade dos Povos, dos Entes Humanos dispersos nas piores tragédias da História Terrestre. Como poderoso aglutinador, preservado por antigas e remanescentes culturas, a Ayahuasca tem a força de fazer brotar, com sua utilização séria e respeitosa, a Unificação de todas as raças dizimadas pelo “Homem Branco” no decorrer de nossa história.

Em todos os continentes temos notícias e verificaram-se os massacres contra Tribos, Raças, Culturas e Civilizações; todos os Povos e Entes Humanos, nossos Irmãos, aniquilados pela violência, dispersaram-se no Mundo Astral, dos Espíritos. O Patrimônio Ancestral,  maravilhoso, foi perdido e não atingiu o seu apogeu, a sua plenitude. A Terra chorou suas vítimas e sua tristeza chega aos dias atuais, com manifestação de desagrado, vulcões e terremotos.

Dentre a Civilização Moderna, muitos dos Entes Humanos e dos Povos, interrompidos em sua Evolução, foram reencarnados, a fim de auxiliar o Homem Moderno em sua jornada evolutiva ( e, até mesmo, para resgatar o Velho Conhecimento). Através da Ayahuasca, essas antigas Tribos e Raças se encontram, se acham, se reconhecem e se dão as mãos. Essa re-ligação é fundamental para a permanência e evolução da Raça Humana.

Com sua força de ampliação da consciência, a Ayahuasca nos coloca em contato com o nosso Eu-Superior, aquele que é o Divino dentro de nós, onde a Eternidade se manifesta e todos passamos a ser Um.

Nesse “Estado de Divindade”, vemos em nós as vidas passadas, e reconhecer nossos irmãos de Tribos, é tão fácil e prazeroso, que é natural termos a vontade de nos reunir em rituais que aperfeiçoem esses entendimentos ( que o “chá” nos proporciona). Essa re-ligação dos Entes Humanos é uma Chave para a Evolução da Raça, porque trará, ao seu merecido apogeu e conclusão, o Patrimônio do Conhecimento Ancestral – que é o Néctar da Nova Era.

O Homem Branco, ávido pela matéria, longe da Sabedoria, carrega a maior dívida, qual seja, de interromper o Processo Evolutivo da Raça, com a ganância no controle de suas ações, exterminando aqueles que, de fato, sabiam e carregavam as Antigas Culturas. Há portanto, uma dívida a ser paga; há um apogeu a ser vislumbrado, há uma perfeição a ser atingida -- onde a Harmonia e a Luz serão um só. O Néctar é para todos, é de todos, é a “Nova Era”, o “Quinto Mundo da Paz”, enfim, é o Templo do Amor.

Muitas Tribos e Entes Humanos estiveram bem próximos de atingir a passagem natural dessa evolução, porque traziam consigo, geração-pós-geração, o conhecimento da harmonia coma a Terra e a Sabedoria das Dimensões da Luz.

A URGÊNCIA em se pagar essa dívida é manifesta em todos os sentidos; não há, praticamente, mais tempo! O mar da ignorância já atinge limites insuportáveis, o terremoto da escravidão  já atingiu escalas altíssimas em todo o Planeta; a avalanche da ingratidão; o furacão da falta de valores morais, tudo está acontecendo agora -- não somente em 2012 (como dizem os Maias).
Por isso, nós do Instituto LUZEMTI, irmanados, convidamos a todos que venham conhecer os raros benefícios da Ayahuasca, para que a dívida seja paga, com a possibilidade da re-ligação dos Entes Humanos e de todos os Povos, para que os Antigos Patrimônios Culturais sejam aflorados, resgatados e postos em prática, a fim de adentrarmos aos Portais na Nova Dimensão.

                                                                                         Inho Caly - LUZEMTI.